31 de dez de 2010

GRUPO DE CAPOEIRA CORDÃO DE OURO/ASSÚ REALIZOU NESTA QUARTA-FEIRA (29/12/10)A CONFRATERNIZAÇÃO DE FINAL DE ANO


O contra mestre topeira iniciou a confraternização com a última roda do ano,cheia de ginga e muito axé entre os capoeiristas.Em seguida houve uma breve retrospectiva do ano de 2010,em que foi relatado as dificuldades que enfrentaram neste período,mas com muita fé em DEUS e o apoio do mestre Irani e amigos lhes dando força para prosseguir,assim o contra mestre topeira venceu as barreiras e obteve muitas conquistas começando com viagem a Salvador/BA em que participou do Capoeirando, voltando renovado e com muitas idéias.No decorrer do ano realizou alguns eventos como: Capoeirassu ,Carnaubais em ritmo de ginga e o dia da Consciência Negra.Com tantos acontecimentos e participação intensa dos alunos,fez com que alunos afastados retornassem a academia,até porque quem tem capoeira no sangue nunca desiste,apenas dá um tempo,mas ao ouvir o som do berimbau não resiste e logo entra na roda.

A confraternização foi finalizada com o amigo secreto e com um singelo e delicioso lanche com bastante alegria e descontração entre os capoeiristas.O contra-mestre: topeira agradece aos parceiros: Carnauba viva e ao cerimonial Lilás e a todos os alunos e amigos e que 2011 seja repleto de alegria, saúde e muita paz.


FELIZ ANO NOVO!!! 
















Redigido Por Sheila Cristina

27 de nov de 2010

O Grupo de Capoeira Cordão de Ouro Comemora o Dia 20 de Novembro Dia da Consciência Negra


O Grupo de Capoeira Cordão de Ouro de Assu 
Comemorou neste dia 20 de Novembro o Dia da Consciência Negra
Com Aulas de Capoeira, 
Maculelê,
dança do Fogo, 
Dança Guerreira, 
coco de roda,
Samba de Roda,
Dança Afro 
e exibição do Filme Quilombo
O evento a Conteceu na Casa de Cultura Popular de Assu
e estiveram presente varios grupos de capoeira.











































Capoeira Cordão de Ouro da Show na Festa de Padoeiro na Cidade de Itaja





















                    O Grupo de Capoeira Cordão de Ouro de Assu 

Com a Coordenação do Contra mestre: topeira

Foi Convidado Pela Secretaria de Cultura da Cidade de Itaja Para Faz Um Show Nos Festejos

da padoeira da Quela Cidade teve Muito Axe Com

Maculelê, Dança do Fogo, Roda de Capoeira e Samba d Roda. O Publico Aplaudiu de Pé Nossas

apresentações.


3 de ago de 2010

O Jogo do Miudinho Criado Pelo Mestre Suassuna

Miudinho não é angola, miudinho não é regional......Miudinho é um jogo manhoso, é um jogo de dentro......é um jogo legal...”Arthur Neto
Nas décadas de 1970 e 1980, a capoeira passou por um período de grande expansão e popularização em todo país, conseguindo um status muito grande no Brasil e no exterior. Começaram a emergir vários benefícios até então inexplorados, como a inserção da capoeira nos currículos das instituições de ensino; o desenvolvimento das metodologias de treinamento; o crescente reconhecimento social da capoeira. A ampliação dos mercados potenciais de trabalho resultou na aplicação da capoeira em trabalhos de grande valor social, como a adaptação para alunos especiais, à reintegração de crianças e jovens marginalizados e a capoeira para a "terceira idade". Ao lado dos benefícios, vieram também os prejuízos - as desfigurações alcançadas pela formação de jovens "mestres" e, principalmente pela exacerbação da agressividade, descambando para a violência.
Durante este período, Mestre Suassuna, preocupado com o rumo que a capoeira vinha tomando, começou a relembrar a capoeira que jogava no fim da década de 50. Então, ele elaborou seqüências de treinamento que fixavam essa movimentação que aprendeu, vivenciou e ensinou. Colocou o seu estilo plástico e rico em movimentações, desenvolveu um toque e alguns elementos que, após um processo que durou mais de quinze anos ficou conhecido como Jogo do Miudinho.
O nome nasceu de uma brincadeira nos treinamentos, aonde o mestre dizia pra seus alunos que deveriam jogar mais próximo, e eufórico gritava: - É pra jogar miudinho!!!
Na década de 90, passou e trabalhou essas seqüências para seus mais novos discípulos que, com uma capoeira rica e vigorosa, ficou conhecida como a “Geração Miudinho”. Com simpatizantes no mundo todo o Mestre Suassuna e seu miudinho ganham adeptos que constantemente freqüentam sua academia, no bairro Santa Cecília em São Paulo, para aprender seus segredos e mandingas do jogo da capoeira.

4 de jun de 2010

Levi Comenta para Contramestre: Topeira



levi


disse...Eia! Meu grande mestre das Vertentes do Assu!! Contra-mestre topeira. Com seu jeito maneiro, macio, vai transmitindo o feitiço e a graça da capoeira. Uma capoeira de espírito novo e aberto com a malícia e a magia dos antigos! Ele, junto as amigos-capoeira do Assu, me fez aprender da capoeira e daquilo que ela tem de melhor: a alegria da vida junto à força guerreira e resistente, capaz de manter a chama acesa mesmo quando todo o combustível se acabou!! Eia eia!! Viva meu mestre, Kamaiurá!!

20 de mai de 2010

O que é a Capoeira ?







O que é a Capoeira ?



É uma miscegenação de luta, dança, ritmo, corpo e mente.
Um dos aspectos mais fascinantes da cultura brasileira, a capoeira é uma arte marcial. A filosofia do capoeirista momentos defendendo ou atacando dentro da roda de capoeira, depende do tempo e do momento dentro do jogo de capoeira.
A capoeira dentro de suas formas e fundamentos, nada tem haver com assemelhacões a uma outra dança e nem a nenhuma forma de arte marcial. Ela é uma arte criada e desenvolvida no Brasil. Dentro de todo um contexto histórico e social de um país, que teve diversas interferências culturais. O Indio, o negro e o branco fizeram da capoeira, o que ela representa nos dias de hoje. Criada pelo povo brasileiro, e atualmente adaptada ao mundo.
A capoeira é considerada por muitos uma arte de lutar dentro da dança e de dançar dentro da luta. Enfim a capoeira é um jogo.







História da Capoeira

Sabe-se da existência da capoeira desde o final do século XVII. Apartir da abolição da escravatura, a situação do Negro se torna muito díficil, pois ele se vê obrigado a sobreviver do seu próprio dinheiro. Acontece que nessa fase, o trabalho do antigo escravo foi substituido pelo não-escravo do morador. Assim, o Negro começa se deslocar para as cidades, por elas perambulando e ocupando a sua periferia.

Capoeira
Sebastian (1999)
Foi neste crescimento das cidades, da formação da população brasileira, que a capoeira apareceu como expressão da própria resistência do Negro. Nesta época, o combate entre negros e a sociedade branca se tornava, muita vezes, inevitável.
Essas revoltas chamaram a atenção da justiça, datando daí o estabelecimento de castigos corporais para o Negro que fosse preso em virtude da prática da capoeira. Uma carta, datada de 31 de Outubro de 1821, fez-se Portaria ao ser assinada pelo Ministro da Guerra, General Carlos Frederico de Paula, e Nicolau Viegas de Proença, estabelecia os castigos corporais.
Porém, na Guerra do Paraguai, foi formada uma corrente de libertos para servir a linha de frente, que com sua memória quilomba, poderiam desarticular as defesas paraguaias. Como aconteceu. Foi famosa a atuação desses negros, que vieram a ganhar uma denominação própria: "Batalhão dos Zuavos".
Mas a grande desarticulação da Capoeira foi em 1890. O Código Penal do Brasil, instituído pelo Decreto nº487 de 11 de Outubro de 1890. Estabelecia em seu capítulo XIII:
  • Artigo 402 - Fazer nas ruas e praças públicas exercícios de agilidade e destreza corporal conhecido pela denominação de capoeiragem pena de dois a seis meses de reclusão. Parágrafo Único - É considerado circunstância agravante pertencer `a capoeira, alguma Banda ou Malta. Aos chefes, ou cabeças, impor-se-á pena em dobro.
  • Artigo 403 - No caso da reincidência, será aplicado ao capoeirista, no grau máximo, a pena do artigo 400 (reclusão por três anos, em Colônias Penais e Presídios Militares na Fronteira).
  • Artigo 404 - Se nesse exercício de capoeira, perpetrar homicídio, provocar lesão corporal, ultrajar o poder público ou particular, e pertubar a ordem, a tranquilidade e a segurança pública ou for encontrado com armas, incorrerá nas penas cominadas para tais crimes.
A Lei foi aplicada com vigor. No início do Governo Provisório, foram perseguidos pelos chefes de polícia, presos e deportados em grande número para Fernando de Noronha.

Calzans
Olinda (1996)
Daí em diante, a tendência foi o desaparecimento de capoeiristas. A redução foi grande: vários foram presos.
Porém, em 1937, Getúlio Vargas, então presidente da República, isto é, a partir da instalação do Estado Novo, a capoeira voltou a existir sem a perseguição de outrora. Vargas reabilitou a Capoeira, derrubando o Decreto-Lei nº487 e assegurando sua existência em "espaços fechados". Aí estava a diferenca: o controle institucional passava a existir em troca de sua legalidade.
A finalidade da legalização da capoeira foi a de permitir a costituição de um campo de apoio a uniformização social que o Estado Novo implementaria.
Diferentemente da República dos Coronéis, a República de Vargas foi subsidiada por uma retórica do corpo. Este discurso está marcado pela política desportiva e pela proposta de formação do professor de Educação Física.
Fontes :
  • Tese de Mestrado de Sociologia defendida por Luís César de Souza Tavares. "Dança da guerra: Arquivo-Arma" - Dezembro de 1984.
  • Tese de Mestrado de Sociologia defendida por Luís Renato Viera. "Da Vadiação à Capoeira Regional: Uma Interpretação de Modernização Cultural no Brasil" - Dezembro de 1990.

Benefícios da capoeira















                   O diálogo corporal, a improvisação, a inteligência do corpo, a necessidade de agir, o equilíbrio, assim como as noções de espaço, tempo, ritmo, música, e compreensão da filosofia de jogo, são princípios fundamentais ensinados dentro da capoeira.
Para o corpo, é perfeito! Os movimentos da capoeira mexem com todos os músculos, desdenvolvendo uma série de qualidades físicas. Se você entrar na roda, em pouco tempo vai sentir uma grande mudança : menos tensão, reflexos mais rápidos e ainda vai ganhar força.
Com um pouco de persistência, o seu fôlego vai ficar ôtimo, porque a pratica constante (pelo menos 3 vezes por semana) desenvolve o sistema cardiorespiratório. E, o melhor você trabalha os músculos abdominais, já que os músculos desta região são muito solicitados.
Abaixo mais detalhes :
  • Resistência : É preciso manter o pique durante toda a luta.
  • Agilidade : Os movimentos mudam de direção e sentindo a toda hora.
  • Flexibilidade : Na capoeira dominam os gestos amplos.
  • Velocidade : Para surpreender o adversário sempre que possível.
  • Equilíbrio : É preciso manter o dominio do corpo em algumas posições mais complicadas.
  • Coordenação : É preciso responder aos golpes com os braços, tronco e pernas ao mesmo tempo.
  • Ritmo : Os movimentos do corpo acompanham a música.
Mas não é só o corpo que leva vantagens. O lado emocional também ganha muito com a capoeira, principalmente porque ela ajuda a liberar a agressividade, ainda que o esporte não estimule a violência. Além disso, é um meio excepcional de desenvolver a criatividade e o auto-contrôle.
Você ganha também :
  • Atenção : É preciso estar ligado o tempo todo nos movimentos da roda.
  • Persistência : Os golpes só ficam perfeitos depois de muitas tentativas.
  • Coragem : Aos poucos, desaparece o medo de fazer certos movimentos.
  • Astúcia : Você cria situações inesperadas para o adversário.
Curiosidades :
  • Calorias gastas por hora - aproximadamente 500
  • Exercicios que ajudam - musculação e alongamento, para melhorar a flexibilidade.
  • Quem não pode praticar - pessoas com problemas de coluna só devem praticar com autorização e acompanhamento médico.
Capoeira é melhor! Nenhum esporte assemelha a capoeira! Avalie aqui em que a capoeira é melhor. A nota 05 é a pontuação máxima.
Capoeira, Aérobica, Futebol, Basquete
Flexibilidade 05 04 02 01
Agilidade 05 04 05 05
Força 04 04 04 04
Ritmo 05 05 01 01
Equilíbrio 05 05 04 04
Coordenação 05 05 02 02
Velocidade 04 04 05 03
Resistência 03 04 05 04
Descontração 04 02 02 02
Fatores Psicológicos 04 01 02 02